Você pode casar ? conheça casos de proibição de casamento no Brasil.

0

 

Você pode casar ? conheça casos em que é proibido o casamento no Brasil.Quando o assunto é casamento, surgem-se várias dúvidas na maioria das pessoas, da liberdade em escolher o parceiro até o esperado dia do “sim”, existem muitas coisas que são pouco faladas e consequentemente, pouco conhecida por boa parte da população.

O Código Civil em seu artigo 1.521 consta um rol, onde prevê  a impossibilidade de se realizar o casamento em 7 (sete) situações. Essas hipóteses de impossibilidade de celebração do casamento visa preservar a moral e a ordem pública.

CAPÍTULO III
Dos Impedimentos

Art. 1.521. Não podem casar:
I – os ascendentes com os descendentes, seja o parentesco natural ou civil;
II – os afins em linha reta;
III – o adotante com quem foi cônjuge do adotado e o adotado com quem o foi do adotante;
IV – os irmãos, unilaterais ou bilaterais, e demais colaterais, até o terceiro grau inclusive;
V – o adotado com o filho do adotante;
VI – as pessoas casadas;
VII – o cônjuge sobrevivente com o condenado por homicídio ou tentativa de homicídio contra o seu consorte.

Na leitura do artigo descrito a cima, se extrai três categorias de impedimentos para a realização do casamento, sendo: impedimento resultante de parentesco;  impedimento de vínculo e; impedimento de crime.

a) impedimento resultante de parentesco:  

A consanguinidade encontrada no incisos I e IV, vedam o casamento por razões morais e biológicas. Sendo assim, ascendentes e descendentes, irmãos e parentes colaterais até o 3º (terceiro) grau, não podem de casar.

Já à afinidade em linha reta positivada no inciso II, proíbe a união entre genro e sogra ou nora e sogro, por exemplo. Vale dizer que o parentesco não desaparece com o fim do casamento, sendo assim, reforçamos o já dito: “Sogra é para a vida toda”.

Por último, aparece a adoção nos impedimentos resultantes de parentesco no inciso III e V.

b) impedimento de vínculo:

Esse está previsto no inciso VI, pelo simples fato da bigamia ser crime no país, ou seja, o casamento brasileiro é baseado na monogamia, só podendo existir um vinculo.

c) impedimento de crime:

Pode ser visto no inciso VII, nesse veda o casamento entre o cometedor do homicídio ou tentativa de homicídio com o cônjuge da vítima. Noutros termos, o(a) assassino(a) do(a) cônjuge não pode se casar com a(o) viuvá(o).